PUB

Espetáculo de Napoleão Mira abre II Encontro Intern. Poesia a Sul

A edição de 2016, a segunda do Encontro Internacional Poesia a Sul, decorre entre os dias 21 e 30 de Outubro na cidade de Olhão.

Numa organização da Câmara Municipal, este ano com um programa onde as actividades vão da poesia à música, passando por exposições, teatro, debates, apresentações, leituras e recitais. Assegurada está já a presença de poetas de renome de todo o mundo.

O dia inaugural da iniciativa – que é mais uma vez comissariada pelo poeta olhanense Fernando Cabrita –, sexta feira, 21 de Outubro, conta, às 21h30, com o espectáculo “12 Canções Faladas e 1 Poema Desesperado”, por Napoleão Mira & Reflect. A performance de spoken word é apresentada no Auditório Municipal de Olhão.

O Encontro tem o seu início oficial marcado para mais cedo, às 18h00, com a sessão inaugural, que decorre no Salão Nobre dos Paços do Concelho, presidida pelo presidente da Autarquia, António Miguel Pina. O dia reserva ainda a apresentação do mais recente volume de Fernando Cabrita, Oito Livros de Oito Poetas. a inauguração de duas exposições no Auditório Municipal e, a fechar a noite, um momento de poesia e música.

O Sábado, dia 22 de Outubro, começa com duas palestras no Museu Municipal de Olhão, a decorrerem a partir das 15h00. A primeira, por Fernando Cabrita, versa sobre o poema The Waste Land, de T. S. Elliot. De seguida, o espanhol Augusto Thassio de los Infantes fala sobre a vida e a morte de Miguel Hernandez.

Outro dos destaques do dia vai para o debate “A Poesia e o Ensino”, que acontece na Galeria Sul Sol e Sal, a partir das 18h30, com as presenças de Anabela Batista, Nélia Estevão, Paulo Penisga e Pedro Oliveira Tavares.

No Domingo, dia 23, às 11h00, o espaço Cantaloupe recebe Poesia com Vista para o Mar, onde serão apresentados livros de Pedro Jubilot e Raquel Zarazaga, havendo ainda leituras de textos por vários poetas.

Às 17h00, há teatro nos Mercados Municipais, pelos Te-atrito. Meia hora mais tarde, no mesmo espaço, Teresa Rita Lopes dá uma palestra subordinada ao tema “Pessoa e o Livro do Desassossego”. Ao fim da tarde, às 19h30, sempre nos Mercados Municipais, haverá espaço para uma leitura, pelas vozes de Rogério Cão e Fernando Cabrita.

A Segunda-feira é dedicada à apresentação dos livros de Miguel Godinho e António Ventura. Na Terça-feira, dia 25, é a vez dos autores Adília César, Marco Mangas, José Luís Rua Nacher e Eladio Orta darem a conhecer ao público as suas mais recentes obras.

João Pereira, Pedro Tavares, Said Trigaoui, Eva Vaz, Chi Trung e Luís Ene apresentam volumes da sua autoria na Quarta-feira, dia 26 de Outubro. As sessões decorrem a partir das 18h00, na Galeria Sul Sol e Sal. Este dia ficará ainda marcado pela exibição da película Howl, de Allen Ginsberg, na Sociedade Recreativa Progresso Olhanense, e pelo espectáculo de poesia e música de João Pereira e Eduardo Patarata, no espaço Cantaloupe.

O espaço eleito para a programação de Quinta-feira, dia 27, do Poesia a Sul, é a Sociedade Recreativa Progresso Olhanense onde decorre, a partir das 18h00, uma homenagem ao poeta algarvio Casimiro de Brito, no âmbito dos 55 anos da Poesia 61 – A Geração de 1961 e a Nova Poesia Portuguesa.

As actividades do II Encontro Internacional Poesia a Sul – Olhão 2016 prolongam-se até dia 30 de Outubro, com actividades literárias, musicais e lúdicas. Esta edição ficará também marcada por visitas diárias de poetas a escolas e lares do concelho e pela apresentação do Prémio Literário Escolar João Lúcio.

Comentários
PUB
PUB

Veja também

50 anos do 25 de Abril: Olhão celebra com participação política

Olhão Celebra os 50 Anos do 25 de Abril com Participação de Todos os Partidos

Em Olhão, no Algarve, as comemorações do 50.º aniversário do 25 de Abril foram marcadas …